Páginas

Loading...

Citação

Citação é a menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte, de um documento, dando o devido crédito ao autor da idéia, e poderá ser feita: no corpo do trabalho ou em notas de rodapé.
Após a citação, é obrigatório apresentar a referência completa da fonte de qualquer documento citado direta ou indiretamente. Segundo França et al. (1996, p. 128) “as citações são trechos transcritos ou informações retiradas das publicações consultadas para a realização do trabalho”. A NBR-10520, de acordo com a ABNT, foi criada especificamente para a elaboração de citações bibliográfica e a última revisão ocorreu em agosto em 2002. A Associação reformulou a NBR-10520, e ela é a norma regida atualmente para padronização dos trabalhos acadêmicos e técnicos-científicos. Desde então, diversas publicações que tratam de metodologia do trabalho científico foram revisadas e algumas ainda permanecem com a normalizada antiga da ABNT.
Citação Direta, Lateral ou Textual – Transcrição textual fiel, exata do original, respeitando-se até eventuais incoerências, erros de ortografia e/ou concordância, de parte da obra do autor consultado.
Exemplos:
1. As citações diretas, no texto, de até três linhas, devem ser contidas entre aspas duplas. As aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior da citação.
Exemplo:

Barbour (1971, p. 35) descreve: “O estudo da morfologia dos terrenos [...] ativos [...]”.

2. As citações diretas, no texto, com mais de três linhas, devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, com letra menor que a do texto utilizado, mudando ainda o espaçamento e sem as aspas.
Exemplo:

A nação pode ser uma figura coletiva do Sujeito. Ela é o quando se define simultaneamente pela vontade de viver junto no quadro de instituições livres e por uma memória coletiva. Tornou-se habitual opor uma definição revolucionária da soberania nacional contra o rei, a uma concepção alemã da nação como comunidades de destino (TOURAINE, 1994, p. 45).

Citação Indireta ou Livre – corresponde ao texto livre baseado na obra do autor consultado, ou ainda, um resumo ou paráfrase de um trecho de determinada obra.
1. Indicação do autor no começo do texto citar em caixa alta seguida do ano entre parênteses.
Exemplo:

Segundo De Sordi (1995) devemos considerar o conceito de qualidade de ensino como algo impregnado de conteúdo ideológico. Sendo que a escola deve explicitar de que qualidade está falando no planejamento de seus métodos de ensino.
Ponce (1994), nos leva a compreender o exato alcance das idéias pedagógicas de Lutero, ressaltando que não devemos perder de vista dados anteriores. Afirma ainda que a instrução elementar era o primeiro dever da caridade, e que mesmo no fanatismo de Lutero não sobrasse muito lugar para o saber profano, aconselhava aos pais que enviassem seus filhos à escola.

· Citação de Citação – é aquela em que o autor do texto não tem acesso direto a obra citada, valendo-se de citação constante em outra obra.
Exemplo:

Ponce (1982), citado por Silva (1994), declara que instrução, no sentido moderno do termo, quase não existia entre os espartanos.

· Notas de Rodapé - É feita por algarismos arábicos, devendo ter numeração única e consecutiva para cada capítulo ou parte e, não se inicia a numeração a cada página.

1. Notas de Referência – Notas que indicam fontes consultadas ou remetem a outras partes da obra onde o assunto foi abordado.
Exemplo: No rodapé da página.
___________________________________________________
8 FARIA, José Eduardo (Org.). Direitos Humanos, direitos sociais e justiça. São Paulo: Malheiros, 1994.

2. Notas Explicativas – Notas usadas para comentários, esclarecimentos ou explanações, que não possam ser excluídos no texto.

Exemplos:

- No texto

O comportamento liminar correspondente à adolescência vem se constituindo numa das conquistas universais, como está, por exemplo, expresso no Estatuto da Criança e do Adolescente. 1

- No rodapé da página
___________________________________________________
1 Se a tendência à universalização das representações sobre a periodização dos ciclos de vida desrespeita a especificidade dos valores culturais de vários grupos, ela é condição para a constituição de adesões e grupos de pressão integrados à moralização de tais formas de inserção de crianças e jovens.

· Devem ser indicados as supressões, interpolações, comentários, ênfase ou destaques, do seguinte modo:
- Supressões (omissão de parte de algo, neste caso, do texto) – [...]
- Interpolações, acréscimos ou comentários: [ ]
- Ênfase ou destaque: grifo ou negrito ou itálico.