Páginas

Loading...

Citologia

As células são as unidades estruturais e funcionais dos organismos vivos. A célula representa a menor porção de matéria viva dotada da capacidade de autoduplicação independente.
De acordo com a organização estrutural, as células são divididas em:
- Células Procariontes
As células procariontes ou procarióticas, também chamadas de protocélulas, são muito diferentes dos eucariontes. Sua principal característica é a ausência de cariomembrana individualizando o núcleo celular, pela ausência de algumas organelas e pelo pequeno tamanho que se acredita deva ser ao fato de não possuírem compartimentos membranosos originados por evaginação ou invaginação. Também possuem DNA na forma de um anel não-associado a proteínas (como acontecem nas células eucariontes, nas quais o DNA se dispõe em filamentos espiralados e associados a histonas).
Estas células são desprovidas de Mitocôndrias, Plastídios, Complexo de Golgi, Retículo Endoplasmático e sobretudo Cariomembrana o que faz com que o DNA fique disperso no citoplasma.
A este grupo pertencem seres unicelulares ou coloniais, como as bactérias, as Cianófitas (algas cianofíceas, algas azuis ou ainda Cyanobacteria) e PPLO ("pleuro-pneumonia like organisms").
- Células Eucariontes.
As células eucariontes ou eucarióticas, também chamadas de eucélulas são mais complexas que os procariontes. Possuem membrana nuclear individualizada e vários tipos de organelas. A maioria dos animais e plantas é dotado deste tipo de célula. É altamente provável que estas células tenham surgido por um processo de aperfeiçoamento contínuo das células procariontes.
Não é possível avaliar com precisão quanto tempo a célula "primitiva" levou para sofrer aperfeiçoamentos na sua estrutura até originar o modelo que hoje se repete na imensa maioria das células, mas é provável que tenha demorado muitos milhões de anos. Acredita-se que a célula "primitiva" tivesse sido bem pequena e para que sua fisiologia estivesse melhor adequada à relação tamanho × funcionamento era necessário que crescesse.
Acredita-se que a membrana da célula "primitiva" tenha emitido internamente prolongamentos ou invaginações da sua superfície, os quais se multiplicaram, adquiriram complexidade crescente, conglomeraram-se ao redor do bloco inicial até o ponto de formarem a intrincada malha do retículo endoplasmático. Dali ela teria sofrido outros processos de dobramentos e originou outras estruturas intracelulares como o complexo de Golgi, vacúolos, lisossomos e outras.
Nesse grupo encontram-se:
- As células Animais (sem cloroplastos e sem parede celular; vários pequenos vacúolos);
- As Células Vegetais (com cloroplastos e com parede celular; normalmente, apenas, um grande vacúolo central).
Tempo de vida das células
O tempo de vida de uma célula pode variar conforme a espécie. No ser humano, existem células que vivem apenas alguns dias, e outras que podem acompanhar o indivíduo por toda a vida.
Quanto à longevidade das células, estas podem ser classificadas em lábeis (curta duração), estáveis (duram meses ou anos) ou permanentes (duram toda a vida).
- As células lábeis são pouco diferenciadas e possuem grande capacidade de duplicação, como por exemplo, as hemácias. O tempo de vida de uma hemácia é de aproximadamente 90 dias.
- As células estáveis se multiplicam durante o crescimento do organismo, um exemplo dessas células é as epiteliais.
Diferente das células lábeis e estáveis, as células permanentes possui grande capacidade de diferenciação e se multiplicam apenas na fase embrionária (Neurônios).
Classificação dos Organismos quanto ao Número de Células
- Unicelulares - organismos formados por uma única célula. Ex: protozoários (amebas, giárdias) e monera (bactérias);
- Pluricelulares – organismos formados por várias células.Ex: Fungos, plantas e a maioria dos animais (homem).
O Reino dos Seres Vivos
Reino Monera
- procariontes, unicelulares, coloniais ou não, autótrofos (fotossintetizantes ou quimiossintetizantes) ou heterótrofos. Os heterótrofos obtêm seu alimento por absorção. Esse reino compreende as bactérias e as cianobactérias.
Reino Protista - reino cuja caracterização é problemática. Podemos considerar apenas organismos eucariontes unicelulares ou também as algas multicelulares. Nesse grupo existem diversos métodos nutricionais, incluindo fotossíntese, absorção e ingestão. Este reino compreende as algas, que são fotossintetizantes, e os protozoários, unicelulares eucariontes heterótrofos.
Reino Fungi - organismos eucariontes, heterótrofos, geralmente multicelulares ou multinucleados. O modo de nutrição é por absorção. Este reino compreende os fungos.
Reino Plantae - organismos eucariontes, multicelulares e fotossintetizantes. Este reino compreende as plantas.
Reino Animalia - organismos eucariontes, multicelulares e heterótrofos. Nutrem-se primariamente por ingestão. Algumas poucas formas alimentam-se por absorção. Este reino compreende os animais.