Páginas

Loading...

O Citoplasma

O Citoplasma é um espaço intra-celular entre a membrana plasmática e o envoltório nuclear. Ele é preenchido por matéria coloidal semi-fluída denominada hialoplasma. Em oposição ao protoplasma, o citoplasma não inclui o núcleo celular, cujo interior é formado por nucleoplasma.
O Citoplasma compreende o maior volume de uma célula eucariótica e é representado pela região compreendida entre a membrana plasmática e a membrana nuclear. Nessa região, encontramos uma solução coloidal formada principalmente por água e proteínas e nele estão mergulhados uma série de organelas, ribossomos e outras estruturas responsáveis por algumas funções importantes, tais como digestão, respiração, secreção e síntese de proteínas.
A componente aquosa do citoplasma (cerca de 80%) é composta por regiões e macromoléculas solúveis como enzimas, carboidratos, sais, proteínas e e uma grande proporção de RNA. Esta componente aquosa também é denominada de hialoplasma. Ela, também pode ter uma maior ou menor consistência gelificada dependendo das condições do meio e da fase de atividade em que a célula se encontra. Quando mais viscosa é denominado Citogel. Quando mais aquosa é denominado Citosol, composto por líquido em movimento. Normalmente as regiões marginais da célula são mais viscosas que o interior.
A componente não solúvel do citoplasma é constituído por organelas: mitocôndrias, lisossomos, ribossomos, vacúolos e outras estruturas membranares como o Aparelho de Golgi e o Retículo Endoplasmático.
O Citoplasma desempenha papel estrutural, mantendo a consistência e a forma da célula. Proporciona ao meio uma suspensão às organelas. É também o local de armazenamento de substâncias químicas indispensáveis à vida. As reações metabólicas vitais têm lugar neste compartimento celular: glicólise anaeróbia e a síntese protéica.
Segue algumas estruturas citoplasmáticas:
- Retículo Endoplasmático – é formado por um sistema de membranas intracelulares e dividido em Retículo Liso (agranular) – faz o transporte e armazenamento de substâncias e pela síntese de lipídios e Retículo Rugoso (granular) que é responsável pela síntese de proteínas e tem aderido os ribossomos.
- Vacúolos – são estruturas de armazenamento.
- Lisossomos – são bolsas circundadas por típica membrana de bicamada lipídica e cheias com grande número de pequenos grânulos que são agregados protéicos de enzimas hidrolíticas capazes de digerir diversas substâncias orgânicas.
- Complexo de golgi – são organelas compostas por sacos achatados (dictiossomos) e por vesículas de Retículo Endoplasmático Liso.
- Centríolos – são estruturas citoplasmáticas que estão presentes na maioria dos organismos eucariontes com exceção de algumas plantas. Ele é responsável pela cinética celular.
- Ribossomos – são os locais de síntese de proteínas. Eles não são limitados por membranas e, portanto, ocorrem tanto em organismo eucariontes quantos procariontes.
- Peroxissomos – são organismos especializados no processamento das reações oxidativas.
- Mitocôndrias – são organelas responsáveis pela respiração celular. Apresenta um sistema duplo de membranas com a presença de DNA. Eles formam os bastonetes.
- Plastos – são organelas típicas das células vegetais com membrana dupla com presença de DNA.