Páginas

Loading...

Sistema Digestivo


Inicia-se na boca e termina no intestino, sendo composto por:
- Cavidade bucal;
- Faringe;
- Esôfago;
- Estômago;
- Intestino delgado;
- Intestino Grosso;
- Reto;
- Ânus.
Consiste de um tubo de pouco mais de 10 metros, irregular, apresentando porções mais dilatadas e outras estreitadas, sendo aberto nas duas extremidades. Têm como função o aproveitamento pelo organismo de substâncias alimentares assegurando a manutenção dos processos vitais.
Atos do sistema digestivo:
- Mastigação – acontece na cavidade bucal e destina-se a degradação parcial dos alimentos por processos mecânicos e químicos que se realizam na boca.
- Deglutição – é a condução dos alimentos da cavidade bucal ao esôfago e acontece na faringe.
- Ingestão – é a introdução do alimento para o estômago.
- Digestão – acontece ao nível do estômago. É o desdobramento das substâncias alimentares em suas moléculas mais simples, sendo realizada no estômago e na primeira porção do intestino delgado.
- Absorção – é no intestino delgado onde acontece a maioria da absorção dos nutrientes. É a utilização das moléculas nos processos vitais, através do intestino delgado.
- Armazenamento e eliminação – acontece no intestino grosso, e é onde os detritos são readaptados e eliminados na defecação.
Cavidade bucalSão estas as partes da cavidade bucal: lábios, bochechas, língua, palato duro, palato mole, região sublingual, cochilas palatinas e úvula.
Órgãos anexos:
São componentes da face aonde é formado a saliva.
- Glândulas salivares;
- Submandibulares e sublinguais;
- Parótidas, com formato de pirâmide.
A cavidade da boca é onde o alimento é ingerido e preparado para a digestão no estômago e no intestino. O alimento é mastigado pelos dentes, e a saliva, proveniente das glândulas salivares que facilitam a formação do bolo alimentar.
Faringe
A faringe é um tubo que se estende da boca até o esôfago. O movimento do alimento, da boca para o estômago, é realizado pelo ato da deglutição, que é facilitada pela saliva e muco e envolve a boca, a faringe e o esôfago. Por ocasião da deglutição, as substâncias alimentares mastigadas na boca devem atravessar a orofaringe, indo para o esôfago. Têm como função à passagem de ar e a deglutinação. Localizando-se entre a traquéia e a coluna vertebral.
Esôfago
É um longo tubo fibro-músculo-mucoso que se estende entre a faringe e o estômago. Situa-se por diante da coluna vertebral e por trás da traquéia. E sua função é deglutinação. A presença de alimento no interior do esôfago estimula a atividade peristáltica, e faz com que o alimento mova-se para o estômago.
Constitui-se de quatro paredes:1. Túnica adventícia (formada de tecido conjuntivo).
2. Túnica muscular (é a parte cervical torácica).
3. Tela submucosa (rica em glândulas).
4. Túnica mucosa (forra interiormente).
EstômagoÉ a maior dilatação do tubo digestivo interposto entre o esôfago e o intestino delgado, com uma cavidade aproximada de um litro e meio. Possui como função à ingestão e a digestão dos alimentos.
Na cavidade estomacal existem dois orifícios, um superior (cárdia) é por onde entra o alimento e um inferior (piloro) por onde sai o alimento.
Divide-se em:
- Fundo – parte superior;
- Corpo – na metade;
- Antro – fundo do estômago.
É constituído de:
- Túnica cerosa (peritônio) que é a parte mais externa;
- Tela subcerosa, formada por tecido conjuntivo;
- Túnica muscular formada de musculatura lisa;
- Tela submucosa com folículos linfáticos;
- Túnica mucosa formada por glândulas gástricas e é onde ocorre as úlceras e os processos gástricos.
Intestino delgadoConstitui-se de um longo tubo de aproximadamente 7 metros de comprimento que liga o estômago ao intestino grosso. Têm como função a digestão e a absorção dos alimentos.
Possui algumas porções:
1. Duodeno – tem formato de “c” e nele desemboca os ductos colédocos e o ducto pancreático, sendo a 1ª porção do intestino.
2. Jejunoíleo – faz continuação ao duodeno e apresenta sinuosidade chamada de alças intestinais. O jejunoíleo desemboca no óstio ileocecal que é guarnecido por pregas mucosas, formando à válvula ileocecal, que é uma válvula no final do intestino grosso e o íleo. Esta válvula impede o retorno do bolo alimentar do intestino grosso.
Intestino grossoTêm comprimento em torno de 1,5m sendo mais calibroso que o intestino delgado. Têm função de armazenamento e eliminação de detritos.
Porções:
1. Direita – é subdividida em cécum e cólon ascendente (ângulo hepático).
2. Transversal – é o cólon transverso (ângulo esplêndido).
3. Esquerda – subdivide-se em cólon descendente (crista ilíaca) e cólon sigmóide (cavidade pélvica).
4. Mediana – é o reto ou canal anal.
Ânus- Esfíncter anal interno – involuntário;
- Esfíncter anal externo – voluntário.
Fígado
O Fígado é envolto pelo peritônio visceral, é um órgão vital, sendo essencial o seu funcionamento de pelo menos 1/3. Nele é produzida a bile, também é onde são armazenados: a glicose, ferro, cobre, vitaminas, antitóxicos e onde ocorre o processo de coagulação sanguínea.
Constitui-se:- Face diafragmática;
- Face visceral, nesta face são encontrados a vesícula biliar, que tem função de armazenar temporariamente a bile e o pedículo hepático.
- Apresenta uma estrutura denominada de pedículo hepático que é composto por artérias, veias e ductos.
- Têm função de produzir a bile;
- Atua como antitóxico e colesterol (na fabricação).
PâncreasFica na face medial posterior ao estômago. Na parte exócrina produz suco pancreático que depois é drenado pelo ducto pancreático interferindo nos processos digestivos. Na glândula endócrina é onde é secretados a insulina e o glucagon. Logo, o pâncreas é uma glândula de secreção mista. É dividido em: cabeça do pâncreas, corpo e cauda, sendo coberto pelo peritônio.

Nasorofaringe

Estômago

Intestino

Colos

Fígado

Pâncreas